loader image
Ligue Agora (41) 3058 - 3890
[email protected] São josé dos Pinhais - PR

Serviços

Correção do Fator de Potência

Analisamos a melhor opção para correção do fator de potência de sua empresa.

Complete Service Offer Details:

Correção do fator de potência – O que é e como fazer!

A potência elétrica é dividida em três tipos, que são a potência aparente (VA), potência ativa (W) e a potência reativa (VAr), onde o fator de potência faz a relação entre estes três tipos de potência.

A maioria das cargas consome energia reativa indutiva! Motores e transformadores, por exemplo, que usam cargas indutivas para funcionarem, eles necessitam da criação de um campo magnético e por isso usam dois tipos de potências, ativa e reativa.

A potência ativa é a aquela que realiza trabalho e faz uso da energia de forma efetiva. Gerando calor, luz e movimento.

A potência reativa atua em cargas capacitivas e indutivas. Ao contrário da potência ativa, não realiza trabalho de forma efetiva, ou seja, ela apenas cria e mantém os campos magnéticos gerados pelas cargas indutivas.

E a potência aparente determina o que a fonte pode fornecer, somando a potência ativa e a potência reativa, ou seja, é a potência total.

O que é fator de potência?

O fator de potência é a razão entre a potência ativa e a potência aparente. No caso, é a energia que está sendo transformada em trabalho e a quantidade que está sendo consumida no total, e o seu valor varia de 0 a 1.

Tudo isso é calculado pela expressão FP=kW/kVAr. Isso significa que o fator de potência é o que indica se o equipamento está operando com eficiência e aplicando energia elétrica de forma correta por um equipamento ou circuito. O fator de potência ideal é 1 e quanto mais baixo, menor a eficiência ou rendimento do equipamento.

É muito importante usar de forma correta da energia elétrica, veja alguns exemplos do que pode ser evitado com o uso correto do fator de potência!

  • Quedas de tensões;
  • Baixa potência de operação;
  • Superaquecimentos;
  • Perdas de carga;
  • Redução da capacidade de alimentação do sistema;
  • Desgaste prematuro de equipamentos;

Correção do fator de potência

O objetivo da correção do fator de potência é o ganho de eficiência, além de evitar defasagens entre tensão e corrente, não permitindo que os equipamentos operem com cargas desajustadas e sem produção efetiva.

Sabe-se que o baixo fator de potência ocorre quando se consome muita energia reativa em relação à energia ativa. A energia reativa pode ser neutralizada por uma carga capacitiva, assim, o caminho mais seguro para efetivamente corrigir o fator de potência e compensar as cargas indutivas existentes, é fazer a instalação de um banco de capacitores.

Em alguns casos, como em sistemas muito capacitivos como por exemplo, linhas de transmissão, é usado banco de indutores para compensar o efeito capacitivo.

As cargas indutivas produzem um adianto da corrente elétrica em relação à tensão. As cargas capacitivas produzem um atraso da corrente em relação à tensão. O banco de capacitores e o banco de indutores atuam compensando a defasagem entre a tensão e a corrente, basicamente se “opondo” as cargas indutivas.

Causas de baixo fator de potência

Muitas vezes a condição e a manutenção dos equipamentos podem levar a um baixo fator de potência. Considerando a indústria como exemplo, deve ser tomado uma serie de cuidados, além de considerar as situações que podem ser identificadas e corrigidas.

Veja alguns desses fatores que são os maiores causadores de fator de potência baixo em empresas!

  • Motores de baixa potência atuando em conjunto;
  • Equipamentos trabalhando sem carga;
  • Superdimensionamento de energia;
  • Equipamentos com defeito ou muito antigos;
  • Iluminação com uso de reatores para lâmpadas;
  • Uso de máquinas de solda;
  • Aparelhos de tratamento térmico;

Por isso é importante que o fator de potência fique dentro dos limites, considerando os valores de cargas indutivas existentes. Assim, o dimensionamento adequado do banco de capacitores é necessário para ter o melhor aproveitamento de energia elétrica.

Corrigir o fator de potência nas empresas trás várias vantagens, veja algumas na lista abaixo!

  • Redução do consumo de energia elétrica;
  • Aumento da vida útil das instalações e equipamentos;
  • Redução de calor gerado em equipamentos;
  • Redução da corrente reativa;
  • Evitar manutenção desnecessária em equipamentos;
  • Não é necessário trocar as seções de condutor para os de maior bitola;
  • Não é necessário trocar de transformador para um de maior capacidade;

 

Para saber mais sobre os serviços de Correção do Fator de Potência, entre em contato conosco – clicando aqui – e conheça as nossas soluções.

 

Open chat
Solicite seu Orçamento